Principais mudanças técnicas na Fórmula 1 nos ultimos tempos

Foi-se a época que as equipes tinham liberdade de criação para seus carros. Desde 2009 os carros foram submetidos a fortes medidas regulamentares.

Já estávamos nos acostumando com as invenções aerodinâmicas dos engenheiros, “barbatanas de tubarão” e similares, isso sem contar os inumeros pequenos apêndices aerodinâmicos na superficie do carro. Em 2009 o modo de se criar um carro de Fórmula 1 mudou drasticamente, o uso dos túneis de vento, que são fundamentais para se desenvolver o carro, foi limitado. Isso foi uma solução que a FIA encontrou para dar competitividade ao esporte, assim as equipes mais probres (que usam túneis de vento alugados) poderiam ter alguma igualdade com as equipes mais ricas (que possuem seus próprios túneis).

Além do problema dos túneis de vento, com toda a evolução dos carros, criou-se um novo problema para a Fórmula 1, antigamente a gente torcia para um piloto grudar na asa do carro da frente, pegar o vacuo, colocar de lado e passar… isso não existia mais, devido a todas essas evoluções, o design do carro ficou poluido de uma tal forma que o ar fluia incrivelmente bem pela superficie do carro, mas era canalizado por tantos caminhos diferentes que ao invés de vacuo, se gerava uma enorme turbulência e quem vinha atrás do carro recebia esse fluxo de ar direto na asa dianteira, o que fazia o carro perder a frente nas curvas, tornando muito dificil uma ultrapassagem.

Acima nota-se a diferença gritante entre os modelos de 2008 e 2009 da Ferrari

A partir de 2009 qualquer apêndice aerodinamico na superficie do carro está proibido, as outras mudanças foram:

1) A asa dianteira está mais baixa, maior e agora é totalmente reta. Além disso foram instalados Flaps, similares aos dos aviões que permitem variar o angulo da asa para mais ou menos 5 graus, o que pode dar mais pressão aerodinâmica ou maior velocidade.

2) A asa traseira ficou mais alta e mais fina, justamente para reduzir o GRIP (downforce, pressão aerodinâmica ou como o leitor gostar de chamar), o que aumenta o número de ultrapassagens.

3) Além de proibir os apendices aerodinâmicos e alguns tipos de entradas de ar, o escapamento tem que ficar para dentro da carenagem, pois isso poderia ser margem para os engenheiros criarem idéias revolucionarias (nunca duvide desse tipo de profissional).

4) O número de motores foi limitado a 8 por temporada, antes dessa regra, valia que os motores deveriam durar dois fins de semana. A regra tem seus prós e contras:

Prós: O piloto que destruir o motor no treino, não perde mais as posições no no grid como antigamente regia o regulamento (a menos que ele ja tenha estourado seu 8 motor).

Contras: Pelo fato de se poder usar 8 motores por ano, alguns motores tem que durar até 3 corridas, mas o regulamento também diz que um motor que apresenta defeito, pode ser recondicionado, voltando assim a ser usado novamente pela equipe a qualquer momento.

4)O KERS (Kinetic Energy Recovery System) ou (Sistema de recuperação de energia cinética)  é um sistema criado pela BMW que armazena a energia cinética que seria desperdiçada quando o carro está freando, converte essa energia em energia elétrica e a armazena em uma bateria. Quando o piloto pressiona um botão, o motor ganha instantâneamente 82HP (o que é mais do que a potência total de um carro popular) durante 6,5 segundos. Por ser um equipamento muito caro, o KERS foi abandonado na própria temporada de 2009 mas possivelmente retornará em 2013.

4) Os pneus slick retornaram, na década de 90 eles foram proibidos e substituidos por pneus com sulcos longitudinais (conhecidos como GROOVES), a FIA dizia que o pneu com os sulcos diminuiria a área de contato do carro com o solo e provocaria perda de aderência, o que aumentaria as tão queridas ultrapassagens, mais de uma década depois e nenhum resultado aparente, a FIA retorna a permitir o uso dos pneus Slicks, dessa vez com o argumento contrário, de que com mais aderência os carros poderiam entrar mais colados na curva, o que aumentaria as ultrapassagens.

Há muito tempo atrás encontrei um video no youtube que me deixou fascinado, nele Sebastian Vettel explica (em Inglês) as novas mudanças da categoria, espero que gostem.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: