Asas móveis: Saiba como esse novo dispositivo vai influenciar no desempenho dos carros de Fórmula 1

Olá pessoal,

Há 2 ou 3 dias eu postei algo sobre o novo regulamento da Fórmula 1 para 2011 e acabei encontrando um assunto muito interessante para mostrar a vocês. No item 4 do post passado eu falo sobre as novas asas traseiras que serão móveis e o piloto vai poder variar a inclinação delas via comando eletrônico, mas no que isso vai influenciar de fato no desempenho dos carros de Fórmula 1? é o que vamos descobrir agora!

Bom, para inicio de conversa, precisamos do nosso objeto de estudo, a asa! como infelizmente meus contatos na Ferrari não me cederam o desenho da asa deles (brincadeira… rsrsrs) eu criei um perfil qualquer de asa para nós possamos analisar.

Perfil de asa a ser estutado

O perfil acima foi o escolhido para o nosso teste, como vamos simular uma asa móvel, eu usei exatamente o mesmo perfil, porém inclinado em 5º, a segunda etapa da nossa, digamos, experiência é visualizada mais ou menos assim:

Note a diferença entre as duas em termos da inclinação:

Asa sem inclinação

 

Asa com a inclinação, simulando o movimento durante a corrida

O próximo passo é fazer a tão falada analise no CFD (que eu tanto falei aqui… se você não lembra o que é CFD ou não sabe, clique aqui e aqui). Agora sim podemos perceber a clara diferença de performance que essa nova regra vai proporcionar aos carros de Fórmula 1, note nas 2 próximas imagens a diferença de pressão entre as duas posições de asa:

Análise 1: Note que a pressão na asa é relativamente baixa.

Análise 2: Note que existe uma maior quantidade de área da asa em amarelo, o que quer dizer que a asa está recebendo uma pressão maior.

 

Bom, vamos então finalmente à explicação de porque isso acontece…

Quando a asa está na posição “sem inclinação” o ar flui por ela em uma certa velocidade, propositalmente a asa é construida de maneira que o ar flua numa velocidade menor na parte de cima da asa em relação a parte de baixo, gerando assim uma pressão que “empurra” o carro contra o chão, o famoso Downforce. Quando a asa é inclinada, ela “retém” mais ar, o que provoca uma “desaceleração” do ar que flui pela sua superficie, gerando assim uma quantidade ainda maior de pressão.

Sim, mas qual a vantagem de se ter mais pressão aerodinâmica (vou tratar pressão a partir de agora como Downforce)?

Bom, quanto maior o Downforce, mais aderência o carro vai possuir, visto que existe uma força muito grande que empurra o carro contra o asfalto, esse fator é determinante para a eficiência com que o carro faz uma curva. Porém, na reta existe uma desvantagem óbvia. Justamente pelo fato de o carro ter uma força muito maior o empurrando contra o chão, ele vai ter sua velocidade em reta prejudicada, pois é como se o carro estivesse mais pesado.

Aí entra a nossa regulagem “sem a inclinação”, em uma reta ela seria muito mais eficiente do que a “com a inclinação” justamente pelo fato de gerar menos Downforce, mas em contra partida, voltaremos a ter problemas na curva, pelo fato da asa que gera menos Downforce não proporcionar a aderência ideal para fazer uma curva.

Até 2010 esse era o principal desafio das equipes, numa pista como Indianápolis por exemplo (que já está fora do campeonato mas é um exemplo gritante sobre o assunto), praticamente metade da pista era uma parte do famoso circuito oval onde se disputam as 500 milhas, porém como os circuitos ovais são proibidos na Fórmula 1, foi criado um miolo no circuito, o que acabou gerando uma interrogação na cabeça dos engenheiros, aumentar o Downforce e ir bem nas curvas ou correr com pouquíssima pressão para não ser engolido na parte do oval?

A partir de 2011 essa duvida vai ser sanada, com as novas asas móveis, o piloto vai poder ir bem durante as curvas para se aproximar do carro que vem a frente e quando chegar na reta, o piloto pode “abaixar” a asa para ganhar aqueles preciosos Km/h, o que é determinante para uma ultrapassagem.

bom, espero ter esclarecido a relevância dessa modificação.

um grande abraço a todos,

Rafael Basilio.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: