Rubens Barrichello: o passado na Fórmula 1 e o futuro na Indy

Olá pessoal,

Esse é o primeiro post de 2012, hoje eu vou dar a minha humilde opinião sobre a possível ida de Rubens Barrichello para a Fórmula Indy.

Gostaria de começar o post dizendo que na minha opinião, Barrichello foi um piloto discriminado pelo povo, durante a maior parte da sua carreira ele sofreu com carros muito ruins e eu sou testemunha de que ele sempre conseguiu resultados acima do que o carro permitia, desde o começo com a Jordan (que mais quebrava do que andava), passando pela Stewart, que era uma equipe estreante e prometia um carro bom mas foi um fracasso total e mesmo assim Barrichello chegou a conquistar Podiums  e por muitas vezes brigar com os carros da frente (quando o carro não quebrava), chegando a Ferrari onde ele venceu 9 vezes e por 2 vezes foi vice campeão mundial, o que na época era um título de muito valor a julgar que seu companheiro de equipe era Michael Schumacher, que estava em seu auge na época.

Em 2006 ele foi para a Honda, equipe que tinha conseguido um bom desempenho no ano anterior, infelizmente a Honda não conseguiu fazer carros competitivos no período em que ele esteve por lá, até que em 2008 a Honda saiu da Fórmula 1 devido a uma grande crise mundial, o time passou a se chamar Brawn GP e graças a uma descoberta genial de Ross Brawn (o famoso difusor duplo) a equipe tinha vantagem sobre as outras…

Barrichello teve sérios problemas com a marca de freios utilizada pelo carro, sugeridos por Jenson Button, que viria a ser campeão mundial naquele ano. Nas 5 ou 6 primeiras corridas Button era imbatível e Barrichello tinha sérios problemas para controlar o carro, Barrichello era forçado a correr sem um tipo de “calota aerodinâmica” que se usava na época para não ter problemas com superaquecimento, assim que foram trocados os freios de seu carro, ele recuperou a competitividade venceu corridas e chegou a ter chances de ser campeão.

Finalmente na Willians, chegou em uma equipe que não ganhava nenhum título há bastante tempo, assim que Barrichello deu as primeiras voltas no carro e passou as primeiras informações para os seus engenheiros, Patrick Head (que dispensa apresentações para quem conhece de Fórmula 1) disse que não sabia como o brasileiro nunca tinha sido campeão do mundo antes.

Todos nós sabemos que Barrichello está fora da Fórmula 1, não por falta de competência (coisa que ele tem de sobra) mas sim por falta de dinheiro, infelizmente algumas equipes precisam de patrocinadores para manter as suas pesquisas e muitas vezes vendem os lugares para pilotar seus carros, até onde isso é benéfico eu não sei… Na minha opinião por melhor que seja o carro, o piloto ainda faz muita diferença. Temos o exemplo esse ano do Vettel e do Webber, os dois tinham o mesmo carro (que era muito bom), Sebastian foi campeão do mundo com facilidade e Webber terminou a temporada em 4º.

Finalmente chegamos aos tempos atuais: Barrichello na Indy.

Ainda não existe nada de concreto sobre sua participação na categoria, mas de uma coisa eu sei:

Eu acompanho a Fórmula 1, a Indy, a Nascar, o DTM, a Le Mans Series, WTCC e algumas outras categorias. A impressão que eu tenho é que o automobilismo americano ainda é de certa forma, amador.

Um exemplo claro disso é que os carros da Indy até o ano passado utilizavam um chassis fabricado em 2003, que foi alterado para melhorar a segurança depois da morte do Dan Wheldon, isso na Fórmula 1 seria impraticável, os carros mudam e recebem atualizações praticamente de uma semana para a outra.

Com todo respeito aos pilotos da Indy, mas o nível de condução que Barrichello apresentava na Fórmula 1 até o ano passado, na minha opinião é suficiente para que ele seja campeão da Indy com alguma facilidade e isso foi mostrado nos testes que ele fez com o carro do Tony Kanaan onde Barrichello sem nenhuma experiência anterior com carros da Indy acabou cravando o melhor tempo do teste.

Então para quem não viu, deixo de presente um vídeo do teste que Barrichello fez com o carro da Indy:

Termino esse post aqui, desejando toda sorte do mundo ao Rubens Barrichello.

Um grande abraço a todos,

Rafael Basilio

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: